Prefeitura Municipal de Ouro Branco

Ouro Branco, 27 de junho de 2017 Atendimento
Você sabia? Ouro Branco possui escolas com referência nacional?
Imprimir Email

Institucional

Secretaria Municipal de Planejamento

por Assessoria de Comunicação

01/01/2017 08:00

Secretaria Municipal de Planejamento

Secretário: Adely Pires de Abreu Júnior

E-mail: planejamento@ourobranco.mg.gov.br
Endereço: Praça Sagradoes Corações, 200 - Centro
CEP: 36.420-000
Fone: (31) 3938-1051

SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO

        Art. 14. À Secretaria Municipal de Planejamento compete:

         I – planejar, coordenar e controlar a execução das atividades relacionadas ao orçamento, planejamento, organização, modernização administrativa, administração dos recursos de informação e informática, coordenação técnica e política da equipe de governo e articulação com os demais entes federativos e instituições privadas para captação de recursos de convênios;

         II – coordenar e supervisionar a execução das atividades de organização e modernização administrativa, bem como as relacionadas no inciso I, no âmbito das divisões e atividades vinculadas à Secretaria;

         III – promover a articulação com a Secretaria Municipal de Administração, notadamente para as ações de planejamento da ação governamental e elaboração do Plano Plurianual, Diretrizes Orçamentárias e Orçamento Anual;

         IV – coordenar a elaboração e a consolidação dos planos e programas das atividades finalísticas do Município e entidades vinculadas, e submetê-los à decisão superior;

         V – desenvolver as atividades de execução orçamentária;

         VI – acompanhar os processos de compras da Secretaria atestando a entrega do material ou a prestação de serviços realizados e a liquidação das notas de empenho;

         VII – desenvolver outras atividades afins e ínsitas à sua área de competência.

Da Divisão de Planejamento Estratégico e Orçamentário

         Art. 15. À Divisão de Planejamento Estratégico e Orçamentário compete:

         I – Coordenar, acompanhar e avaliar as atividades de planejamento, obedecidas as diretrizes superiores definidas pelo Governo Municipal e pela Secretaria Municipal de Planejamento, propondo ajustes a novos cenários político-institucionais, econômicos ou sociais;

         II – elaborar estudos e emitir pareceres sobre matéria relativa a planejamento e gestão, propondo linhas gerais de operação para cumprimento de metas e objetivos fixados em planos, programas e projetos setoriais;

         III – prestar apoio às atividades de articulação e integração da equipe de governo;

         IV – elaborar indicadores de avaliação gerencial e desenvolver metodologias para acompanhamento e consolidação;

         V – articular-se com os órgãos afins para a elaboração dos seguintes atos normativos:

         a) Plano Plurianual;

         b) Lei de Diretrizes Orçamentárias - LDO;

         c) Orçamento Anual.

         VI – elaborar rotinas de trabalho que visem o aperfeiçoamento das ações de planejamento e gestão;

          VII – elaborar estudos e propostas para adequada distribuição física dos órgãos da Administração Municipal e solução de problemas de caráter organizacional;

          VIII – produzir informações que sirvam de base a tomada de decisão, ao planejamento e ao controle de atividades;

          IX - manter as atividades do CODAP – Consórcio do Alto Paraopeba.

         X – Planejar, coordenar e supervisionar o processo de programação, visando à elaboração da proposta orçamentária da Secretaria e demais órgãos da Administração Municipal, bem assim da execução do orçamento anual;

         XI – implantar mecanismos de participação popular e institucional no processo de elaboração da proposta orçamentária.

         XII – analisar as projeções de despesas e receitas, identificando as necessidades de créditos adicionais;

         XIII – manter registro atualizado do movimento das dotações orçamentárias e dos créditos adicionais;

         XIV – coligir dados de execução orçamentária de exercícios anteriores;

         XV – elaborar demonstrativos gerenciais e emitir pareceres técnicos;

         XVI – manter atualizado registro da legislação reguladora da sua área de atuação;

         XVII – implantar mecanismos de participação popular e institucional no processo de elaboração da proposta orçamentária.

Da Divisão de Projetos e Captação de Recursos de Convênios

         Art. 16. À Divisão de Projetos e Captação de Recursos de Convênios compete:

        I – Prestar assistência técnica aos órgãos da Administração Municipal no tocante à elaboração de projetos destinados à obtenção de financiamentos;

         II – articular-se com os agentes financiadores com vistas à atualização constante das orientações a serem seguidas na elaboração de projetos, objetos de convênio;

         III – registrar os programas e projetos relativos a convênios;

         IV – elaborar estudos que visem à implantação de convênios com vistas à geração de recursos para o Município;

         V – manter cadastro das fontes financiadoras de projetos;

         VI – fazer divulgação das fontes financiadoras de projetos;

         VII – adaptar os projetos aos modelos das instituições financiadoras;

         VIII – acompanhar a execução dos convênios, observando os prazos de vigência;

         IX – acompanhar a tramitação das prestações de contas dos convênios;

         X – propor, caso necessário, a elaboração de aditivos para a manutenção e continuidade de convênios;

         XI – desenvolver outras atividades afins e ínsitas à sua área de competência.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página